PERI-MIRIM: INAUGURAÇÃO DA BIBLIOTECA ALCAP PROF. TANINHO

Um sonho que se tornou realidade!

Em solenidade realizada no dia 24 de maio de 2024, a Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), em parceria com Sindicato dos Profissionais da Educação e Servidores Municipais de Peri-Mirim (SINDPROESPEM), celebrou a inauguração da Biblioteca ALCAP Professor Taninho.

O nome da biblioteca foi dado em homenagem a Raimundo João Santos, Prof. Taninho, em reconhecimento ao seu extraordinário valor e pelos relevantes serviços prestados ao município de Peri-Mirim, cuja trajetória foi marcada pela competência e dedicação. Ele é patrono da Cadeira nº 28 da ALCAP, ocupada por Jaílson de Jesus Alves Sousa.

Prestigiaram o evento, os vereadores Charles Antoine Nunes Almeida; Pablo Lahonne Ferreira Gomes; membros da ALCAP; o Diretor da Secretária da Saúde do Trabalhador, Nilson França Oliveira, representando o Presidente do SINDPROESPEM, Lourivaldo Diniz Ribeiro; Diretores de Escolas, professores, alunos, membros do Coletivo BoraVer, familiares e amigos do Patrono que nomeia a biblioteca, entre outros representantes da comunidade.

Situado na Rua Desembargador Pereira Junior, nº 85, no Prédio do SINDPROESPEM, a biblioteca conta, atualmente, com um acervo de aproximadamente 900 livros, fruto de doações, variando entre literatura infantil, juvenil, poesia, literatura brasileira, filosofia e estará aberta à comunidade a partir 27 de maio de 2024, de segunda e a sexta, 08 às 11 e das 14 às 17 horas.

O professor Nilson França Oliveira, um dos diretores do SINDPROESPEM, enfatizou que a parceria do sindicato com a ALCAP trará muito benefícios para o município e rogou para que esse projeto seja valorizado pelas próximas gestões do sindicato.

A professora Alda Ribeiro Corrêa falou da honra e alegria em trazer os alunos do Colégio ARC para prestigiaram a inauguração da biblioteca e parabeniza a ALCAP pela grande iniciativa.

O aluno Yure Benedito Corrêa Amorim da Escola Municipal Cecília Botão destacou a importância das bibliotecas na transformação de novos leitores e chamou a atenção para o fato das crianças atualmente não usarem mais os livros para realizarem suas pesquisas pela facilidade que a internet proporciona.

Jessythannya Carvalho Santos, filha do patrono homenageado, agradeceu em nome da família pela grandiosa homenagem da ALCAP, pela grande parceria do SINDPROESPEM e por todas as doações de livros e no final firmou o compromisso como membro fundadora da Academia de que muitos projetos serão realizados para promover o incentivo à leitura, ampliar o acesso ao livro, a criatividade e o prazer pela leitura.

A Secretária da ALCAP, Eni do Rosário Pereira Amorim, destacou a importância o projeto para a democratização do acesso à informação e o papel social das bibliotecas e finalizou ressaltando todo o esforço da Presidente da ALCAP, Ana Creusa, para a concretização desse sonho.

“Estar presente neste momento tão significativo nos enche de orgulho e esperança em um futuro promissor para nossa cidade. Um futuro em que nossas crianças e adolescentes perimirienses possam ter acesso a livros…”, falou Ana Sheilla, voluntária do Coletivo BoraVer.

Para Ana Creusa Martins, presidente da ALCAP, cujo mandato encerrou brilhantemente com a inauguração da biblioteca, o espaço será um centro cultural na cidade de Peri-Mirim, promovendo atividades como consulta e empréstimo de livros, saraus, mediações de leitura e palestras. Ainda segundo ela, a instalação da biblioteca faz parte da expansão do Projeto Clube de Leitura Professor João Garcia Furtado, o qual visa fomentar o interesse pela leitura.

Após a solenidade a família doou para o acervo da biblioteca um quadro do Professor Taninho e professora Alda Ribeiro Corrêa doou o Testamento Emoldurado de Julieta de Almeida Castro Marques, esposa de Agripino Marques, patrono da ALCAP.

Com a instalação da biblioteca, a ALCAP reafirma seu compromisso em proporcionar recursos e espaços de promoção cultural.

Para marcar o evento, com chave de ouro, a confreira Nasaré Silva compôs um lindo poema em homenagem ao patrono da Biblioteca ALCAP, cujo texto segue abaixo:

HISTORIA DE TANINHO

SOLENIDADE DA SAUDADE DE JOSÉ RIBAMAR MARTINS BORDALO

Por Ana Creusa

A Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP), a Família Bordalo e representantes da Igreja Matriz São Sebastião em Peri-Mirim, promoverão hoje, 25 de maio de 2024, às 19 horas, a Solenidade da Saudade em homenagem ao imortal da Academia, José Ribamar Martins Bordalo, que faleceu no dia 16 de novembro de 2023.

José Ribamar Martins Bordalo nasceu em 25 de maio de 1945, era filho de Jacintho Soares Ferreira Bordalo e de Maria das Mercês Martins Bordalo. Casou-se com Maria Tereza Duailibe Bordalo, deixando caudalosa descendência da qual era mentor físico e espiritual. Bordalo era um líder familiar amoroso que não precisava usar da força, ou de outra forma coercitiva para dirigir seus entes queridos.

Lembrou-me que, durante a minha permanência na presidência no Fórum em Defesa da Baixada (gestão 2017-2019), levei para o município de Peri-Mirim, o projeto Academias na Baixada. Bordalo foi um dos entusiastas para a criação da Academia. Cumpriu todas as formalidades, participou da escolha do seu patrono, disponibilizou a biografia do renomado médico perimiriense Dr. Manoel Sebastião Pinheiro, que foi escolhido como patrono da Cadeira nº 04 da confraria.

Finalmente, no dia 20 de maio de 2018 a confraria foi instalada com a eleição da primeira Diretoria Executiva e Conselho Fiscal, ocasião em que foram distribuídas as cadeiras, cabendo a Bordalo a Cadeira nº 04, em cuja posse ocorreu no dia 18 de dezembro do mesmo ano, em um evento digno de muitos aplausos – vários sites da Baixada divulgaram o evento. José Ribamar Martins Bordalo estava em companhia de familiares e amigos, cujo rosto irradiava a emoção digna de quem, de fato, compreendeu o valor da Academia para nosso município.

Salvo por razões plenamente justificáveis, Bordalo sempre participava das reuniões, cobrava a admissão de novos membros e elogiava o empenho da direção da ALCAP em tentar realizar com tão pouco! Esse era o acadêmico Bordalo: uma pessoa participativa que sempre trazia sua experiência para compartilhar com os mais jovens.

Durante o ano de 2023 tomamos conhecimento que o confrade estava com a saúde debilitada. Eu, porém, jamais imaginei que a sua partida estava próxima. Na última reunião sobre a realização do II Prêmio Naisa Amorim em 19 de maio, ele pediu que gostaria de falar durante a solenidade. Fora do Cerimonial, atendemos ao pedido dele. Sua fala foi de despedida, proferiu conselho sobre a União dos membros da entidade e da importância histórica da Academia para nosso município.

Acompanhamos a doença do confrade se agravar, o visitávamos na residência dos seus familiares em São Luís, ou em Peri-Mirim. Ao sairmos das visitas, nos confidenciávamos: “meu Deus, parece que o confrade não tem consciência da gravidade da doença”! Nossa preocupação era grande que essa esperança o fizesse sofrer mais …

E o estado de saúde dele oscilava. Havia dias que pensávamos que ele viveria muitos anos, fazia planos, falava do amor pela esposa, filhos, netos e bisnetos. Ele falava sobre o farto material que detém para lançar seu livro. Nosso sentimento era um misto de tristeza e alegria por aquela força interior, mas, que segundo a sua esposa, só se agravava.

Finalmente, em 16 de novembro de 2023 recebemos a fatídica notícia que o cérebro do confrade parou!

Porém, desde sempre soubemos que José Ribamar Martins Bordalo é imortal e que qualquer homenagem que façamos a ele ainda é pequena pelo Amor que ele dedicava à sua Academia e nós a ele. Sua obra será eternizada e nossa Gratidão se estenderá por gerações.

Academia de Letras Ciências e Artes Perimiriense promoverá eleição de Diretoria e Conselho Fiscal

Dentre todas as sociedades, nenhuma há, mais nobre e mais estável, que aquela em que os homens estejam unidos pelo amor. Cícero

A Academia de Letras, Ciências e Artes Perimiriense (ALCAP) promoverá a eleição da nova Diretoria Executiva para o biênio 2024-2026. O processo eleitoral dar-se-á na Unidade de Ensino Artur Teixeira de Carvalho CEMA, às 19:00h de sexta-feira, dia 24 de maio de 2024, por votação secreta, ou por aclamação, no caso de cadastro de chapa única.  Poderão votar e serem votados os membros efetivos aptos ao voto.

A votação destinar-se-á a eleger chapa completa, conforme artigos 21 e 32 do Estatuto da ALCAP, a saber: Presidente; Vice-Presidente; 1º Secretário; 2º Secretário; 1º Tesoureiro; 2º Tesoureiro e três Membros do Conselho Fiscal.

A atual presidente do sodalício, Ana Creusa Martins dos Santos, nomeou, por meio de Edital a Comissão Eleitoral, formada pelos acadêmicos: Edna Jara Abreu Santos, Jaílson de Jesus Alves Sousa e Jessythannya Carvalho Santos. A referida comissão conduzirá o processo eleitoral e proclamará o resultado da eleição. Próximo aos seus 06 (seis) anos de existência, que ocorrerá no dia 20 de maio do ano em curso, a ALCAP promoverá a terceira eleição.

Confira na íntegra o Edital:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DIRETORIA ALCAP 2024-2026

FÓRUM DA BAIXADA EMPOSSE OS NOVOS MEMBROS DA DIRETORIA

Na última sexta-feira, dia 26 de abril de 2024,  reuniram-se em Assembleia Geral Extraordinária, os membros da  Sociedade em Defesa a Baixada Maranhense (Fórum da Baixada),  para eleição da sua Diretoria (biênio 2024/2025) e Conselho Fiscal. A referida reunião teve início às 19:00 horas, sob a presidência de Wewman Flávio Andrade Braga, que na ocasião escolheu Deuzenir Costa Carneiro Szekeresh para secretariar a reunião. Após iniciadas as saudações aos presentes, o senhor presidente comentou sobre os projetos da sociedade que estão em andamento, bem como discorreu sobre a importância da união e solidariedade, a relevância da eleição para que os trabalhos do Fórum da Baixada, tenham êxito, e cada vez mais, fortalecer os laços de união, elevando as suas atitudes de forma a preservar a boa convivência, com base na lealdade, fraternidade e amor universais, bem como o sentido de trabalhar em prol da Baixada Maranhense, que deve ser entendida com humildade e estar sempre a serviço do Bem. A seguir, o senhor presidente apresentou a chapa que concorreu à eleição, CONTINUANDO A CAMINHADA, para o biênio 2024/2025 foram eleitos por aclamação: EXPEDITO NUNES MORAES, Presidente; ANTÔNIO VALENTE LOBATO,1º Vice-presidente; EDUARDO CASTELO BRANCO, 2º Vice-presidente; WEWMAN FLÁVIO ANDRADE BRAGA, Presidente de Honra; ANA CREUSA MARTINS DOS SANTOS, Presidente de Honra; JOÃO BATISTA MARTINS, Presidente de Honra; LAURINETE COSTA COELHO, 1ª Secretária; DEUZENIR COSTA CARNEIRO SZEKERESH, 2ª Secretária; VALMIR FERREIRA ABREU, 1° Tesoureiro; ALEXANDRE AYRTON MUNIZ DE ABREU, 2° Tesoureiro; CONSELHO FISCAL TITULARES:  JOSÉ RIBAMAR GUSMÃO ARAÚJO; JOSÉ RIBAMAR AROUCHA FILHO e JOÃO MUNIZ SILVEIRA; CONSENHO FISCAL SUPLENTES: ANTÔNIO FRANCISCO DE SALES PADILHA; ANTONIO JOSÉ MARTINS e NÁRLON SANTOS SILVA.

Em seguida os eleitos foram empossados pelo presidente da assembleia que aproveitou para parabenizar os eleitos, desejando boa gestão e agradecendo a colaboração que recebeu em sua gestão como presidente da entidade. Em seguida a palavra foi franqueada ao presidente eleito e empossado Expedito Nunes Moraes, que agradeceu a todos pela sua eleição à frente do conceituado Fórum da Baixada, agradeceu a confiança depositada na chapa CONTINUANDO A CAMINHADA, que significa continuar um novo modo de caminhar, para perseguir o objetivo de ver a Baixada próspera e bela, com foco no empreendedorismo, agricultura, turismo, educação e cultura. Ficou convalidados todos os atos da Diretoria, deste o término do mandato em dezembro e esta data, para que surta todos os efeitos legais. O presidente eleito declarou que a nova gestão se empenhará para que a Baixada obtenha paz e prosperidade e que seja reconhecida no cenário estadual e nacional.

AÇÃO DE GRAÇAS NA JUREMA LANÇA PROJETO AMBIENTAL

Liderada por Ana Cléres Santos Ferreira, considerada a ambientalista da Família Santos, a AÇÃO DE GRAÇAS NA JUREMA lançou ontem, dia 19 de março de 2024, um Projeto Ambiental denominado SABEDORIA AMBIENTAL: Quem pensa, preserva!

A Ação de Graças na Jurema (AGJ) já pode ser considerada entidade cultural, literária e científica de grande expressão na formação das pessoas e pelo exercício da Gratidão. Considerando a crescente degradação ambiental e poluição dos rios do município de Peri Mirim e diversos tipos de degradação ambiental, como forma de colaborar com a preservação do meio ambiente, o presente projeto busca atuar no plantio de árvores nativas em áreas de degradação ambiental e preservação das espécies ainda existentes, bem como criar espaços de lazer e cultura como busques e passeios ecoturísticos, sempre primando pela Educação Ambiental de forma consciente.

A Ação de Graças foi idealizada por José dos Santos que, antes falecer em 2017, demonstrou interesse em promover encontros constantes com a comunidade da qual era líder. No mesmo ano de seu falecimento foi realizada a 1.ª Ação de Graças, no dia 29 de julho de 2017; a 2.ª em 28 de julho de 2018; a 3.ª em 27 de julho de 2019;  em 2020 não houve devido a Pandemia da Covid-19; a 4.ª em 20 de novembro de 2021; a 5ª em 19 de novembro de 2022; 6ª em 14 de outubro de 2023 e está prevista a 7ª edição para 16 de novembro de 2024.

Com esse projeto, os participantes e amigos da AGJ visam intensificar as ações de preservação ambiental que foram iniciadas pelos ancestrais da Família Santos que, desde sempre, entendiam que o homem e natureza devem viver em harmonia. Leia o Projeto no link abaixo:

AÇÃO DE GRAÇAS NA JUREMA – PROJETO SABEDORIA AMBIENTAL

IBGE – O Maranhão segue com a pior renda per capita do Brasil

O IBGE divulga hoje os valores dos rendimentos domiciliares per capita referentes a 2023 para o Brasil e unidades da federação, calculados com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua. O rendimento domiciliar per capita para o Brasil foi de R$ 1.893, variando de R$ 945 no Maranhão a R$ 3.357 no Distrito Federal.

Essa divulgação atende à Lei Complementar 143/2013, que estabelece os novos critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal – FPE e, em consequência, aos compromissos assumidos quanto à definição dos valores a serem repassados ao Tribunal de Contas da União (TCU) para o cálculo dos fatores representativos do inverso do rendimento domiciliar per capita.

O rendimento domiciliar per capita foi calculado como a razão entre o total dos rendimentos domiciliares (nominais) e o total dos moradores. Nesse cálculo, são considerados os rendimentos de trabalho e de outras fontes. Todos os moradores são considerados no cálculo, inclusive os pensionistas, empregados domésticos e parentes dos empregados domésticos.

Os valores foram obtidos a partir dos rendimentos brutos de trabalho e de outras fontes, efetivamente recebidos no mês de referência da pesquisa, acumulando as informações das primeiras visitas da PNAD Contínua feitas no 1º, 2º, 3º, e 4º trimestres de 2023.

Rendimento nominal mensal domiciliar per capita da população residente, segundo as Unidades da Federação – 2023
Unidades da Federação Rendimento nominal mensal domiciliar per capita da população residente (R$)
Brasil                                                   1.893
Rondônia                                                   1.527
Acre                                                   1.095
Amazonas                                                   1.172
Roraima(1)                                                   1.425
Pará                                                   1.282
Amapá                                                   1.520
Tocantins                                                   1.581
Maranhão                                                      945
Piauí                                                   1.342
Ceará                                                   1.166
Rio Grande do Norte                                                   1.373
Paraíba                                                   1.320
Pernambuco                                                   1.113
Alagoas                                                   1.110
Sergipe                                                   1.218
Bahia                                                   1.139
Minas Gerais                                                   1.918
Espírito Santo                                                   1.915
Rio de Janeiro                                                   2.367
São Paulo                                                   2.492
Paraná                                                   2.115
Santa Catarina                                                   2.269
Rio Grande do Sul                                                   2.304
Mato Grosso do Sul                                                   2.030
Mato Grosso                                                   1.991
Goiás                                                   2.017
Distrito Federal                                                   3.357
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Pesquisas por Amostra de Domicílios, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – PNAD Contínua – 2023.
Nota (1): Em cumprimento ao Mandado de Segurança – Ação Judicial nº 1000261-89.2020.4.01.4200, o valor de Roraima é R$1.339.

A PNAD Contínua é uma pesquisa domiciliar, amostral, realizada pelo IBGE desde janeiro de 2012, que acompanha as flutuações trimestrais e a evolução da força de trabalho, entre outras informações necessárias para o estudo do desenvolvimento socioeconômico do país.

Alinhamento de Ações entre o Fórum da Baixada e a Superintendência da Agricultura no Maranhão

O Fórum da Baixada continua na sua trajetória de luta para minimizar os efeitos da seca que, historicamente, castiga a microrregião que ostenta um dos maiores índices do pobreza do Brasil, com essa finalidade, reuniu-se no dia 18 de janeiro do ano de 2024, na sede da Superintendência Federal de Agricultura e Pecuária – SFA/MA, com o Superintendente  Wellington Reis Sousa e sua equipe.

Inicialmente, os representantes do Fórum da Baixada relataram os problemas sazonais de seca e alagamento enfrentados pelas comunidades locais e a necessidade de implantação de planos de enfrentamento destes problemas, visando o desenvolvimento econômico e social da região.

Também foi informado sobre projetos de dragagem em igarapés e um estudo realizado em 2018 que identificou 103 pontos favoráveis para barragem da água da chuva. Houve uma apresentação geral sobre as ações da Divisão de Desenvolvimento Rural, acerca dos Planos: ABC+; Amazônia Sustentável; Agro Nordeste e Indicação Geográfica.

Encaminhamentos: 1) Envio de apresentação das atividades desenvolvidas pelo Fórum da Baixada; 2) Incluir o Fórum da Baixada nos programas ABC+ e Amazônia Sustentável e Agendar reunião para apresentação detalhada dos programas desenvolvidos pela Divisão de Desenvolvimento Rural.

Participaram da Reunião: Wellington Reis, Dario Erre Rodrigues, Ana Isabela Lima Ribeiro e Letícia Raquel Silva Sousa, pela SFA/MA; Expedito Nunes Moraes e Antônio Lobato Valente, pelo FDBM.

O FDBM encaminhou Ofício ao Sr. Superintendente, acompanhado do Portifólio das principais ações desenvolvidas pela Instituição, solicitando parceria com a Superintendência. Posteriormente, a SFA/MA marcou nova reunião para o dia 21 de fevereiro do corrente ano, para detalhamento das solicitações.

Ofício ao Ministério da Agricultura                     Portifólio do FDBM

TJMA abre seletivo para estágio com 532 vagas na capital e interior

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) torna pública a realização de processo seletivo para preenchimento de vagas e formação de cadastro de reserva para o Programa de Estágio Remunerado no Poder Judiciário do Estado do Maranhão. O seletivo objetiva preencher 532 vagas de estágio do ensino médio, graduação e pós-graduação.

As inscrições gratuitas e as provas on-line serão recebidas somente via internet, no período de 27 de fevereiro até às 12 horas (horário de Brasília) do dia 5 de março, incluindo sábados, domingos e feriados. Não serão aceitas outras formas de inscrições.

Edital 72024 foi assinado pelo presidente do TJMA, desembargador Paulo Velten, no dia 1º de fevereiro.

O Processo Seletivo será regido pelo referido edital, anexos, avisos, atos complementares e eventuais retificações, com a execução sob responsabilidade do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), com supervisão da Comissão do Processo Seletivo do TJMA, garantida a reserva de vagas para pessoas com deficiência, pretas ou pardas.

Além de São Luís, os(as) candidatos(as) também poderão concorrer, nos termos do Edital, por vagas disponíveis em cidades do interior como Açailândia, Arame, Bacabal, Balsas, Barreirinhas, Caxias, Chapadinha, Codó, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Lago da Pedra, Paço do Lumiar, Pastos Bons, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Raposa, Rosário, Santa Inês, São Domingos do Azeitão, São Domingos do Maranhão, São Francisco do Maranhão, São João dos Patos, São José de Ribamar, São Mateus e Timon, para o ensino médio. Para graduação e pós-graduação, também há vagas em cidades de diversas regiões do Maranhão.

VAGAS

A Seleção destina-se ao preenchimento de 298 vagas para estágios extracurriculares de ensino médio e graduação e 234 vagas para estágio extracurricular de Pós-Graduação em Direito (Residentes Jurídicos) e nas áreas de interesse do TJMA, a quem estiver regularmente matriculado nos cursos e semestres ou etapa equivalente, conforme previsto no Anexo I do edital e formação do cadastro de reserva.

O valor da Bolsa-Auxílio corresponderá a 1 salário mínimo vigente por mês para Ensino Superior; 2 salários mínimos por mês para Pós-Graduação; 60% do salário mínimo vigente para o Ensino Médio. O estágio não contempla outros benefícios, tais como auxílio-alimentação, auxílio-saúde e similares, exceto auxílio-transporte, que compreenderá valores pagos vigentes a servidores(as) do TJMA.

O regime do estágio será de 20 horas semanais para estudantes do Ensino Médio, 25 horas semanais para estudantes do Ensino Superior e 30 horas semanais para estudantes de Pós-graduação, a serem cumpridas em horários e turnos definidos pelo TJMA, considerando-se as necessidades do órgão.

INSCRIÇÃO

As inscrições serão gratuitas e só poderão ser realizadas para os cursos divulgados conforme o Anexo I do edital.

Acesse AQUI o Edital.

Fonte: https://www.tjma.jus.br/midia/tj/noticia/

Vejam os alunos da Baixada que foram premiados no Concurso Literário de Crônicas promovido pelo TCE

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) e o Instituto de Educação do Maranhão (IEMA) realizaram nesta quinta-feira (14), na sede do IEMA, a premiação dos vencedores do Concurso Literário de Crônicas, que em sua primeira edição teve como tema “Corrupção: ação do presente que reflete no futuro”. Apoiado pela Rede de Controle da Gestão Pública no Maranhão, a iniciativa é alusiva ao Dia Internacional Contra a Corrupção, celebrado no dia 9 de dezembro.

Foram premiados, em ordem de classificação, os alunos Ana Caroline Almeida Lopes (Centro/São Luís); Lavínia Silva Marques (Tutóia); Ana Paula Ferreira Saraiva (São Vicente de Ferrer); Millena Cristina De Oliveira Leonardo (Tutoia); Ellen Caroline Pereira Nunes (Viana); Deiwison Hick Morais Serra (Viana); Alícia Ester Bezerra Ferreira (Centro/São Luís); Arthur Serejo Araujo (Bacelar Portela); Emelly Sayury dos Santos Mendonça (Bacelar Portela) e Rogério Araújo da Conceição (Vargem Grande).

O certame foi promovido com o objetivo de promover o pleno exercício da cidadania, por meio do convite aos alunos dos 34 IEMAs Plenos, que foram estimulados a redigir crônicas com foco na conscientização sobre a corrupção, dentro de um processo de formação de cidadãos informados, éticos e engajados, com a capacidade de refletir sobre questões sociais complexas e promover mudanças positivas em suas comunidades.

Os organizadores do concurso destacam ainda a intenção de promover o pleno exercício da cidadania, compreendendo o equilíbrio entre direitos e deveres em uma comunidade socio e politicamente articulada, além de fortalecer relações humanas pautadas nas garantias constitucionais, incluindo a compreensão do papel da Administração Pública no preparo do indivíduo para o exercício de suas funções sociais.

Prestigiado por dezenas de estudantes do Instituto, o evento contou com a participação, do secretário de Fiscalização do TCE, Fábio Alex de Melo; do superintende da CGU-MA, José Antônio de Carvalho Freitas; do diretor-geral do Tribunal de Justiça (TJMA), Carlos Anderson dos Santos Ferreira; do secretário do Tribunal de Contas da União (do TCU) no Maranhão, Leandro Alberto Brito de Fonseca; e do conselheiro do TCE, Washington de Oliveira, além da diretora-geral do IEMA, Cricielle Muniz e da diretora pedagógica do Instituto.

Depois das falas dos representantes de cada órgão presente, que procuraram dar uma visão básica do papel de suas instituições no combate e prevenção da corrupção, e da função da Educação não somente na formação técnica, mas na consolidação de uma cultura anticorrupção, o grande momento: a entrega dos certificados aos vencedores do concurso. Os três primeiros colocados, além dos certificados, receberam, respectivamente, um tablet de última geração, um Iphone e um smarthphone.

Para a diretora-geral do IEMA, Cricielle Muniz, a festa de premiação é o coroamento de uma inciativa voltada para ao fortalecimento da consciência política e cidadã de estudantes de todo o estado. “Foram 240 textos de estudantes de todas as unidades do IEMA nesse processo de mobilização contra a corrupção, de uma grande tomada da consciência que extrapola as fronteiras da escola para a sociedade”, avalia.

O Dia Internacional contra a Corrupção é uma referência à assinatura da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, ocorrida na cidade mexicana de Mérida. A proposta de criação do Dia Internacional contra a Corrupção foi apresentada pela delegação brasileira à época da votação da Convenção. Foi nesse dia, no ano de 2003, que mais de 110 países assinaram a Convenção, entre eles o Brasil.

TCE/MA poderá ter pela primeira vez uma mulher na sua composição; Brandão indicou Flávia Gonzalez

Após quase 80 anos de história, o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão terá sua primeira mulher na composição do pleno. O governador do Maranhão, Carlos Brandão, do PSB, indicou, através de ofício enviado à Assembleia Legislativa, a procuradora de contas Flávia Gonzalez Leite para ocupar a vaga de conselheira no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA).

O anúncio foi feito pela presidente da Casa, Iracema Vale, durante sessão plenária realizada na manhã desta quinta-feira, 14.

Após a leitura da indicação do governador, Iracema Vale editou a Resolução Administrativa nº 1271 de 2023, onde determina a publicação do ofício no Diário Oficial da Casa, formalizando a indicação da procuradora Flávia Gonzalez Leite. Além disso, foi constituída uma comissão especial composta pelos deputados Roberto Costa, Rafael, David Brandão, Ricardo Rios e Erick Costa. Essa comissão terá a responsabilidade de analisar e emitir parecer sobre o nome indicado pelo governador.

Para realizar a avaliação da indicação do governador, será realizada uma sessão extraordinária na próxima terça-feira, dia 19 de dezembro, após a sessão ordinária.

Flávia Gonzalez poderá exercer a função até 2055, permanecendo por 32 anos.

Perfil da Procuradora Flávia Gonzalez Leite:

Procuradora de Contas junto ao TCE-MA;
Graduada pela Universidade Federal do Maranhão;
Pós-graduada em Direito Processual Civil e Direito Constitucional pela Faculdade Cândido Mendes;
Professora Convidada da Escola Superior de Controle Externo do Maranhão;
Ex-Diretora Adjunta da Associação Nacional do Ministério Público de Contas – AMPCON;
Ex-Advogada da União e Procuradora do Estado do Maranhão;
Aprovada nos concursos da Defensoria Pública do Estado do MA (2003) e da AGU – Procurador da Fazenda Nacional (2004).

A indicação de Flávia Gonzalez Leite para o cargo de conselheira no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão representa um passo significativo no cenário do controle externo, levando em consideração sua experiência e qualificações. A comissão especial terá a responsabilidade de avaliar detalhadamente o perfil e as contribuições que a procuradora poderá oferecer ao TCE-MA.

*Com informações da Folha do Maranhão.