Laélia Alcântara, a primeira senadora negra

A baiana Laélia Contreiras Agra de Alcântara, nascida em Salvador em 7 de julho de 1923 é a primeira mulher negra a exercer o mandato de Senadora Federal, eleita pelo Acre, na época, território federal.

Filha de Júlio e Beatriz Contreiras Agra, formou-se médica em 1949, pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Da academia, transferiu-se para o Acre, que tinha apenas seis médicos! Lá, ela especializou-se em atendimentos nas áreas de obstetrícia e pediatria e deu aula de puericultura na Escola Normal de Rio de Branco.

Sua carreira política começa em 1962, quando é eleita suplente de deputado federal em 1962, pelo PTB,  migrou para o antigo MDB, após o bipartidarismo decretado pelos militares em 1965.

Em 1974, em nova eleição, conquista outra suplência. Desta vez do senador Adalberto Sena.

Com a volta do pluripartidarismo em 1980, acompanha o partido na mudança da sigla. E é como peemedebista que ela se torna a primeira mulher senadora da República, num mandato de cinco meses, de abril a agosto de 1981, devido o afastamento o titular, por questões de saúde.

Adalberto Sena retoma seu mandato, mas em janeiro de 1982 vem a falecer, confirmando seu pioneirismo na câmara alta do Congresso Nacional.

Ao ser efetivada, Laélia de Alcântara torna-se, também, a terceira senadora de nossa história.

Como curiosidade, vale saber, que a Princesa Isabel foi a primeira mulher senadora do Brasil, por direito dinástico, durante o Império. A segunda foi Eunice Michiles, do PDS do Amazonas.

Isabel, em sua passagem pelo Congresso Nacional, posicionou-se contra o aborto, contra o racismo e apresentou emendas permitindo o ingresso de mulheres na Força Aérea Brasileira.

Presidente do Conselho Regional de Medicina do Acre, Laélia também atuou como secretária de Saúde entre maio e setembro de 1987, ocasião em que encerrou sua carreira política.

Laélia morreu em 30 de agosto de 2005 no Rio de Janeiro.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/La%C3%A9lia_de_Alc%C3%A2ntara

http://www.fgv.br/cpdoc/

Laélia Alcântara, a primeira senadora negra

Deixe uma resposta