13 municípios do Maranhão são alvo de busca e apreensão pelo Ministério Público e Polícia Civil

O objetivo da operação é apurar possíveis fraudes em licitações para contratação da empresa Águia Farma Distribuidora de Medicamentos Ltda.

Uma operação está cumprindo mais de 60 mandados de busca e apreensão em 13 municípios do Maranhão com o objetivo de apurar possíveis fraudes em licitações para contratação da empresa Águia Farma Distribuidora de Medicamentos Ltda. O atual deputado federal Josimar Cunha Rodrigues, mais conhecido como Josimar de Maranhãozinho é sócio da empresa investigada.

De acordo com o Ministério Público do Maranhão, os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de São Luís, Maranhãozinho, Zé Doca, Araguanã, Carutapera, Centro do Guilherme, Pedro do Rosário, Pinheiro, Santa Inês, Miranda do Norte, Presidente Médici, São José de Ribamar, Parnarama) e na cidade de Várzea Alegre, no estado do Ceará.

Participam da operação 54 equipes da Polícia Civil, além de promotores de justiça e servidores do Gaeco integrantes dos núcleos de São Luís, Imperatriz e Timon, bem como promotores de justiça das Comarcas de Maracaçumé, Zé Doca, Santa Inês e Guimarães, além de servidores públicos.

A Operação Maranhão Nostrum recebeu esse nome em alusão ao “Mare Nostrum”, termo latino que significa “O Nosso Mar”, dado ao Mar Mediterrâneo pelos romanos, após a conquista de extensões territoriais que os tornavam dominadores da província romana da Hispânia até a do Egito. No presente contexto, a tendência de dominação e poder em diversos municípios mostrou uma organização criminosa com controle da máquina pública para malversação de recursos e práticas ilegais que beneficiam ao mesmo grupo político.

Fonte: https://www.policiacivil.ma.gov.br/

Porto do Itaqui: compromisso com a Gestão Ambiental

O Porto do Itaqui recebeu recomendação para recertificação na ISO 14001, norma de reconhecimento internacional que atesta os requisitos de um Sistema de Gestão Ambiental, exige compromisso da empresa com a prevenção à poluição e implementação de melhorias contínuas. O resultado foi anunciado nesta sexta-feira (24), no final da auditoria, iniciada na segunda (20), sem nenhuma observação, recomendação ou não conformidade.

Para o presidente da EMAP, Ted Lago, esse reconhecimento por meio da recertificação na ISO 14001

confirma a consistência do modelo de governança implantado no Porto do Itaqui, uma realização conjunta de uma grande equipe comprometida e responsável, focada em apresentar os melhores resultados.

Ao fazer o anúncio, o auditor Jorge Tadeu Zanellatto Lisauskas, da ABS Quality Evaluations (sociedade classificadora marítima e offshore), destacou a cordialidade e transparência de todos os entrevistados, a consistência dos controles operacionais nas áreas de maior potencial poluidor, a gestão de emergências, a participação da área de Meio Ambiente em novos projetos da Autoridade Portuária e o Sistema de Gestão por Competências da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP).

Ao longo da semana, Lisauskas analisou todos os processos e requisitos da norma, auditou 11 áreas e entrevistou 35 pessoas que atuam no porto.

Muito marcante aqui no Porto do Itaqui é a organização e a consciência que foi percebida nas pessoas que realizam os seus trabalhos, bem como o nível de competência da equipe. Cada um, de forma consistente, faz com o que o Itaqui seja diferenciado em relação à maioria dos portos que a gente tem visitado, disse.

A norma foi criada para auxiliar empresas a identificar, priorizar e gerenciar seus riscos ambientais como parte de suas práticas usuais. Desde 2018, o Porto do Itaqui integra o seleto grupo de portos públicos brasileiros que possuem a certificação ISO 14001.

Para obter a certificação, é preciso comprovar, por meio de documentação, controles e registros, que está comprometida com o seu Sistema de Gestão Ambiental. Um dos pontos importantes no trabalho que a EMAP realiza é a existência de um conjunto de objetivos e metas que se traduzem em procedimentos efetivamente implementados e amplamente conhecidos por colaboradores, terceirizados e parceiros.

Fonte: https://www.ma.gov.br/

Maranhão pode perder R$ 21,3 bilhões em benefícios sociais e ambientais e deixar de criar 53 mil empregos sem a universalização do saneamento básico

Estudo do Instituto Trata Brasil aponta que o Maranhão poderia ganhar R$ 2,8 bilhões em redução de gastos na saúde pública levando água tratada e esgotos a todos os maranhenses.

No Brasil, dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), ano 2019, mostram que o país ainda possui 35 milhões de pessoas sem acesso à rede de água potável e mais de 100 milhões sem coleta dos esgotos. Somente 49% dos esgotos gerados no país são tratados, o que equivale a jogar todos os dias na natureza uma média de 5,3 mil piscinas olímpicas de esgotos sem tratamento. A universalização dos serviços de saneamento e esgoto trariam inúmeros benefícios em diversas áreas econômicas e sociais, gerando ganhos que contribuiriam para o crescimento nacional.
Mesmo vivendo uma das maiores crises hídricas da história, com reservatórios vazios e riscos de falta de água para abastecimento humano e animal, agricultura e geração de energia, o Brasil ainda perde 39,2% da água potável nos sistemas de distribuição nas cidades, antes de chegar às casas. São mais de 7 mil piscinas olímpicas de água já potável perdidas por dia e uma maior eficiência no setor de saneamento ajudaria, e muito, a manter os reservatórios mais cheios.

Nesse contexto, o Instituto Trata Brasil, em parceria com a Ex Ante Consultoria Econômica, divulga o estudo “Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no Maranhão” visando mostrar os ganhos sociais, ambientais e econômicos que a universalização do saneamento básico traria ao estado, um dos que possuem os maiores desafios em relação a levar água tratada, coleta e tratamento de esgotos a todos os maranhenses.

O estudo traz uma abordagem ampla dos ganhos que o estado teria de 2021 a 2040, prazo limite para a universalização desses serviços de acordo como novo Marco Legal do Saneamento (Lei Federal 14.026/2020), mas também num cenário de 35 anos, até 2055, prazo usual nos contratos de concessão e subconcessão do setor.

CENÁRIO DO SANEAMENTO NO MARANHÃO

O Maranhão possui 7,1 milhões de habitantes espalhados em 217 municípios. Segundo informações do SNIS em 2019, apenas 48,4% da população é atendida com abastecimento de água, enquanto somente 11,5% possuem coleta de esgoto em suas residências. O estado avança lentamente nesse sentido, nos últimos 15 anos (2005 a 2019), dos atuais 7 milhões de habitantes, menos de 100 mil pessoas passaram a ter acesso ao serviço de abastecimento de água tratada e 246 mil passaram a ter o serviço de coleta de esgoto.

Quando analisamos a situação do saneamento básico nos 16 maiores municípios do estado (Tabela 1), o estudo mostra que, em 2019, de uma população de 7,1 milhões, vimos que 3,6 milhões de pessoas ainda moravam em residências sem acesso à água tratada, desse número 184,6 mil residem em São Luís. No caso do acesso à coleta de esgoto o número foi ainda maior 6,6 milhões de habitantes moravam em residências sem coleta de esgoto. Na capital 50,4% da população não tem acesso aos serviços de coleta de esgoto, ou seja, 554,8 mil habitantes.

Os recursos hídricos da região recebem uma carga de 160,6 milhões de m³ por ano de água poluída, o que equivale a cerca de 85 mil piscinas olímpicas de poluição por ano ou 233 piscinas olímpicas de poluição por dia. Os números explicitam que o Maranhão tem um longo trabalho no sentido da universalização desses serviços.

PRINCIPAIS GANHOS FUTUROS COM A UNIVERSALIZAÇÃO DO SANEAMENTO BÁSICO

Primeiramente, é importante notar que, nos últimos 15 anos, entre 2005 e 2019, mesmo com baixo avanços dos serviços de água e esgotos, o estado acumulou ganhos equivalentes a R$ 2,1 bilhões em benefícios gerados pelo investimento em saneamento.

Para o futuro, o estudo leva em consideração dois períodos de análise: de 2021 a 2040, que é o tempo definido pelo novo marco regulatório do saneamento, e o de 2021 a 2055, que é a extensão temporal usualmente empregada em contratos de concessão ou subconcessão. Traz também os ganhos do legado da universalizaçao no futuro. Para se chegar à universalização, o estudo aponta a necessidade de investimentos de R$ 6,3 bilhões; recursos capazes de incorporar quase 4 milhões de pessoas no sistema de distribuição de água tratada e cerca de 6 milhões de pessoas no sistema de coleta de esgoto. Com a universalização do saneamento até 2040, o Maranhão teria ganhos líquidos, ou seja, já descontados os investimentos necessários, de R$ 11,3 bilhões em benefícios e, até 2055, um ganho de R$ 13,4 bilhões.

Maranhão pode perder R$ 21,3 bilhões em benefícios sociais e ambientais e deixar de criar 53 mil empregos sem a universalização do saneamento básico

Teste nacional de Covid-19 financiado pelo MCTI recebe registro da Anvisa

O registro do Kit Elisa Covid-19 IgG desenvolvido por pesquisadores brasileiros com apoio da RedeVírus MCTI foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (4).

Um teste para a detecção da Covid-19 100% brasileiro financiado pelo MCTI – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações recebeu o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta segunda-feira (4). Esta é mais uma etapa cumprida pelo kit sorológico desenvolvido por pesquisadores brasileiros e regulamentado por meio de uma resolução já publicada no Diário Oficial da União. O Kit Elisa Covid-19 IgG foi apresentado recentemente pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações astronauta Marcos Pontes, durante a cerimônia de lançamento da pedra fundamental do Centro Nacional de Vacinas MCTI-UFMG em Belo Horizonte (MG). Na ocasião, Marcos Pontes mostrou para o presidente Jair Bolsonaro o teste produzido graças à ciência nacional.

Durante a apresentação do teste brasileiro em Belo Horizonte (MG), Marcos Pontes comemorou a entrega do primeiro lote do Kit Elisa Covid-19 IgG. “Agora o Brasil produz também testes diagnósticos para detectar Covid-19, desenvolvido aqui em Minas Gerais”.

O teste é baseado no método “Elisa” – sigla, em inglês, para ensaio de imunoabsorção enzimática -, que se destaca por ser mais sensível do que os exames rápidos, o que evita falsos negativos. O teste foi finalizado em agosto e recebeu apoio da RedeVírus MCTI com um aporte inicial de cerca de R$10 milhões. O Kit Elisa Covid-19 IgG tem também financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Vacinas (INCT-V) e foi integralmente desenvolvido pelo CT-Vacinas. O escalonamento e produção estão sendo realizados pela Bio-Manguinhos da Fundação Oswaldo Fiocruz, vinculada ao Ministério da Saúde.

Fonte: https://www.gov.br/mcti/

Peri-Mirim: Câmara Municipal lança sistema de Acesso à Informação

A Câmara Municipal de Peri-Mirim, presidida pelo  vereador Iury Serrão (PDT), lançou o Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC) e manifestações de ouvidoria (E-OUV) que permitem que qualquer pessoa, física ou jurídica, encaminhe pedidos de acesso à informação, acompanhe o prazo e receba a resposta da solicitação realizada para órgãos e entidades do Executivo Municipal. O cidadão ainda pode entrar com recursos e apresentar reclamações sem burocracia.

As solicitações de informações também podem ser protocoladas, de forma presencial, na Sede da Prefeitura localizada na Avenida Duque de Caxias, Centro, Peri-Mirim/MA. CEP: 65245-000.

Faça seu cadastro no sistema. Na própria tela de cadastro, você irá escolher seu nome de usuário e senha de acesso: no link

Fonte: https://cmperimirim.ma.gov.br/

Peri-Mirim: Reunião da Coordenação do Território Quilombola Pericumã

Relatório da reunião da Coordenação do Território Quilombola Pericumã realizada no dia 03/10/2021 no Colégio Vitorino Freire na Tijuca.

O Território Pericumã é formado por 9 (nove) comunidades quilombolas (Pericumã, Murutim, Tijuca, Malhada dos Pretos, Santa Cruz, Capoeira Grande, Rio da Prata, Pedrinhas e Itaquipe).

Como foi a primeira reunião da coordenação, foi feito um levantamento da situação de cada comunidade:

1 – Pericumã – o senhor Simeão Gonçalves, último presidente da associação se fez presente junto com a senhora Lenir. Em seu relato ele nos informou que fazem dois anos que o mandato da diretoria acabou. Assumiu o compromisso de encaminhar o mais rápido possível a eleição de uma nova diretoria. Para isso, vai contar com a ajuda do representante da associação junto à coordenação Sandro da Cantanhede;

2 – Tijuca – segundo o relato do senhor Walter, presidente atual da associação e representante da comunidade junto à coordenação, a associação encontra-se com a documentação atualizada. A Diretoria está dentro do mandato;

3 – Itaquipe – o senhor Zé Domingos é o atual presidente e representante da associação junto à coordenação. Esta eleito há um ano. Mas falta registrar a Ata de eleição no Cartório. O que não foi feito ainda porque o cartório está exigindo que conste na ata o nome do vice-presidente na chapa. Só que pelo Estatuto da associação esse cargo não existe;

4 – Capieira Grande – a senhora Ana Rosa é a atual presidente e representante junto à coordenação. Esta eleita mas falta registrar a Ata da eleição. Já fez um levantamento completo dos débitos da associação e já está com uma proposta de parcelamento;

5 – Pedrinhas – a senhora Joquinha junto com a senhora Nubia informaram que a associação está com problemas porque a presidente eleita está com uma carga de trabalho particular muito grande o que está dificultando sua atuação junto à associação. A comunidade ainda não recebeu o certificado de comunidade quilombola . Estão aguardando;

6 – Malhada dos Pretos – o senhor Berel foi reeleito presidente e é representante da associação junto à coordenação. Esta faltando registrar a ata da eleição;

7 – Rio da Prata – o senhor Lelico que é representante da comunidade junto à coordenação é o atual presidente. Informou-nos que a comunidade enfrenta problemas com três fazendas que existem dentro da área da comunidade. A documentação da associação está em dia;

8 – Murutim – o senhor Grande é o atual presidente e representante da comunidade junto à coordenação. Está eleito há um ano. Falta registrar a ata da eleição. A comunidade ainda não tem o certificado de comunidade quilombola mas o processo já está na Fundação Palmares e

9 – Santa Cruz – o senhor João Batista é o atual presidente está eleito há um ano e a documentação da associação está em dia. Está faltando indicar os representantes junto à coordenação.

Todo esse levantamento foi necessário porque sabemos que para conseguir qualquer benefício para as comunidades é obrigatório a atualização jurídica das associações. Senão nada feito. Foi comunicado que o I campeonato das comunidades quilombolas do Território Pericumã terá o seu início no dia 03/10/2021 à tarde.

Neste primeiro ano, todos os jogos serão realizados no campo do Murutim. O campeonato está sendo organizado pelo senhor Júnior Pote e pelo senhor Lageado e conta com o apoio do Prefeito Heliezer Soares, do secretário de Cultura Frank Hudson e do vereador Joubert.

Iniciamos uma discussão sobre a Semana da Consciência Negra que tem o dia 20 de novembro como o Dia da Consciência Negra em homenagem ao líder negro Zumbi dos Palmares que foi morto nesse dia no ano de 1695. Como a hora já estava avançada decidimos que a assessoria da coordenação vai elaborar uma proposta de programação que será apresentada em uma próxima reunião que será realizada no dia 06/11/21 no mesmo local.

A Assessoria é formada por Maninho Braga, Ana de Margarida, Zé Augusto e o Dr. Sinval. Para fins de registro e acompanhamento, lavrou-se o presente Relatório.

 

O que vem depois? Políticos europeus pedem investigação no Facebook após a revelação de um denunciante

Dois membros do parlamento europeu pediram uma investigação sobre as alegações de um denunciante de que o Facebook (FB.O) prioriza os lucros acima do bem público.

A denunciante, Frances Haugen, que havia trabalhado como gerente de produto na equipe de desinformação cívica do Facebook, compartilhou documentos internos com jornais e procuradores-gerais de vários estados dos EUA.

“Os arquivos do Facebook – e as revelações que o denunciante nos apresentou – enfatizam a importância de não permitirmos que as grandes empresas de tecnologia se autorregulem”, disse a legisladora dinamarquesa Christel Schaldemose.

Schaldemose é o relator principal da Lei de Serviços Digitais, anunciada pela Comissão Europeia em dezembro do ano passado, que exige que as empresas de tecnologia façam mais para combater o conteúdo ilegal.

“Os documentos finalmente colocaram todos os fatos sobre a mesa para nos permitir adotar uma Lei de Serviços Digitais mais forte”, disse Alexandra Geese, legisladora alemã do parlamento europeu.

“Precisamos regular todo o sistema e o modelo de negócios que favorece a desinformação e a violência sobre o conteúdo factual – e permite sua rápida disseminação”, disse ela.

Um porta-voz do Facebook disse: “Todos os dias, tomamos decisões difíceis sobre onde traçar limites entre a liberdade de expressão e discurso prejudicial, privacidade, segurança e outras questões.

“Mas não devemos tomar essas decisões por conta própria … temos defendido regulamentações atualizadas, onde os governos democráticos definem os padrões da indústria aos quais todos podemos aderir.”

Os reguladores da União Europeia têm considerado se todas as plataformas online, ou apenas as maiores ou aquelas com risco particular de exposição a atividades ilegais por seus usuários, devem ser submetidas a avisos de retirada, e quão prescritivos eles devem ser.

“Nossa posição é clara: o poder das principais plataformas sobre o debate público e a vida social deve estar sujeito a regras validadas democraticamente, em particular sobre transparência e responsabilidade“, disse um porta-voz da Comissão Europeia quando questionado sobre as acusações contra o Facebook.

As empresas de tecnologia afirmam que não é justo e tecnicamente viável policiar a Internet. A atual diretiva de comércio eletrônico da UE diz que os provedores de serviços intermediários desempenham um papel técnico, automático e passivo.

Fonte: https://www.reuters.com/technology/

O Dia Mundial dos Animais é comemorado no dia 4 de outubro

Por Helivania Sardinha dos Santos*

Dia Mundial dos Animais é comemorado no dia 4 de outubro. A data é de extrema importância, pois leva à reflexão sobre a importância da preservação dos animais, além de divulgar os seus direitos presentes na Declaração Universal dos Direitos dos Animais.

 → Origem

A escolha da data para a celebração do Dia Mundial dos Animais ocorreu em 1931, durante uma convenção de Ecologia que aconteceu na cidade de Florença, na Itália. Durante a convenção, escolheu-se uma data para pudesse promover os princípios da Declaração Universal dos Direitos dos Animais. O Dia Mundial dos Animais passou então a ser celebrado todo dia 4 de outubro. O dia escolhido é o dia e o Dia Mundial dos Animais é comemorado no dia 4 de outubro. A data é de extrema importância, pois leva à reflexão sobre a importância da preservação dos animais, além de divulgar os seus direitos presentes na Declaração Universal dos Direitos dos Animais.

→ O que são animais?

Os animais são organismos pertencentes ao reino Animalia. Nesse reino existem cerca de 1,3 milhões de espécies conhecidas. Entretanto, segundo estimativas, a quantidade de espécies pertencentes ao reino Animalia deve chegar em torno de 20 milhões. Dentre as características dos organismos pertencentes a esse reino, podemos destacar:

  • São multicelulares, ou seja, apresentam o corpo constituído por mais de uma célula.

  • são eucariontes, suas células apresentam um núcleo delimitado e outras organelas envoltas por membrana.
  • não possuem parede celular. Diferentemente das plantas, suas células não apresentam uma parede externa que as revestem, dando-lhes maior resistência e proteção. As células animais, não obstante, apresentam proteínas que lhes dão suporte e auxiliam na conexão com outras células.
  • são heterotróficos, sendo essa uma das principais características que os distinguem das plantas. As plantas são autotróficas e produzem moléculas orgânicas por meio da fotossíntese. Já os animais, heterotróficos, não as conseguem produzir, assim, eles obtêm-nas por meio da ingestão de outros organismos vivos ou de matéria orgânica morta.
  • locomovem-se; entre outras caraterísticas.
  • Por que celebrar?

    relação entre seres humanos e animais é muito antiga, pois estes servem de alimento àqueles; são utilizados como meios de transporte, como o de cargas; além de serem grandes companheiros. Entretanto, embora os animais tragam enormes benefícios aos seres humanos, ainda não são tratados com o devido respeito e cuidado adequados.

    No Dia Mundial dos Animais, muitas atividades são realizadas em todo o mundo para celebrar a vida desses seres tão importantes, não apenas para os seres humanos mas para toda a natureza. Atividades de conscientização, como as que promovem a Declaração Universal dos Direitos dos Animais, também são realizadas para conscientizar as populações sobre a necessidade de cuidar e proteger os animais.

    Leia tambémA importância dos animais para o ser humano

    → Declaração Universal dos Direitos dos Animais

    A Declaração Universal dos Direitos dos Animais foi proclamada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em sessão realizada na cidade de Bruxelas, na Bélgica, em 27 de janeiro de 1978.

    A Declaração Universal dos Direitos dos Animais traz em seu texto introdutório que todos os animais têm direitos, e o desconhecimento, além do desprezo, disso faz com que o ser humano cometa crimes contra os animais. O texto destaca também que se deve “ensinar desde a infância a observar, a compreender, a respeitar e a amar os animais”.

    Dentre os direitos dos animais presentes na Declaração Universal dos Direitos dos Animais, podemos destacar:

    • “Art. 1º – Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência.”
    • “Art. 2º – 2. O homem, como espécie animal, não pode exterminar os outros animais ou explorá-los violando esse direito; tem o dever de por os seus conhecimentos ao serviço dos animais.”
    • “Art. 2º – 3. Todo o animal tem o direito à atenção, aos cuidados e à proteção do homem.”
    • “Art. 6º – 2. O abandono de um animal é um ato cruel e degradante.”
    • “Art. 7º – Todo o animal de trabalho tem direito a uma limitação razoável de duração e de intensidade de trabalho, a uma alimentação reparadora e ao repouso.”

    Você pode ter acesso à íntegra da Declaração Universal dos Direitos dos Animais, no site do Conselho Federal de Medicina Veterinária, clicando aqui.

    → Dia Mundial dos Animais de Rua

    Além do Dia Mundial dos Animais, há também o Dia Mundial dos Animais de Rua. A data é celebrada no dia 4 de abril, entretanto não é uma data para ser comemorada, e sim para conscientizar a população. Nesse dia homenageia-se todos os animais que foram abandonados e que vivem nas ruas, e há a realização de atividades de conscientização da população sobre a situação dos animais de rua em todo o mundo.

    Além disso, busca-se incentivar a população a realizar alguma ação que auxilie nos trabalhos desenvolvidos junto a esses animais, como levar um saco de ração a uma organização que trabalhe com animais de ruapagar por uma castraçãoresgatar um animal; ou simplesmente alimentar um animal de rua, entre outras ações.

    Leia também: Cuidados com os animais domésticos

    * Helivania Sardinha dos Santos

    Possui graduação em Biologia pela Universidade Estadual de Goiás (2004), mestrado em Ecologia e Evolução pela Universidade Federal de Goiás (2007) e doutorado em Ciências pelo Programa de Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais da Universidade Estadual de Maringá. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Ecossistemas Aquáticos, Ecologia de Algas Perifíticas e Modelagem Ecológica.

    O Dia Mundial dos Animais é comemorado no dia 4 de outubro.

WhatsApp, Instagram e Facebook estão fora do ar!

WhatsApp, Instagram e Facebook estão fora do ar! O problema parece estar afetando tanto os três aplicativos – todas  propriedade do Facebook – deixaram de funcionar cerca das 12:30h (horário de Brasília) do dia 04 de outubro.

Os usuários do site do Facebook encontram uma página de erro ou uma mensagem informando que o navegador não se conseguiu conectar.

Já o WhatsApp e o Instagram continuam funcionando, mas não atualizam, não mostrando por isso novos conteúdos nem mensagens enviadas ou recebidas.

Fonte: https://news.google.com/

Academia Joanina, um marco na História do município

Por  Marcondes Serra Ribeiro*

Confesso que me encontro deveras ansioso pela chegada do dia 29, quando será criada nossa Academia Joanina de Letras, Ciências e Saberes Culturais. É um sonho que se vai transformando em realidade, sonhado juntamente com outros sonhadores (desculpem-me a tautologia premente) – aquele desejo que se firmou permanentemente em cada um de nós, vivo e constante. Um sonho coletivo, e por isso mesmo bem mais forte, que nos une e motiva-nos para seguir em frente, otimistas, esperançosamente alegres, carregando uma certeza de que estamos construindo um marco em nossas vidas, na história de São João Batista!

Estamos bem otimistas, tentando disciplinar a empolgação, vislumbrando tudo pelo lado bom, concebendo a academia como um lugar de convivência real, amigável e elegantemente pacífica. Um ambiente ameno, onde nos dedicaremos esforçadamente ao usufruto daquilo que nos beneficiará e engrandecerá nossa alma, em forma de projetos contemplativos do crescimento de nossa terra, nas áreas afinadas com os propósitos institucionais – culturais e artísticos – que sejam dignos construtores, mantenedores, resgatadores da memória joanina. Somos conscientes que nossos propósitos não diferem das outras academias, quanto ao aspecto teórico, mas certamente que nosso ânimo fará a diferença no aspecto atitudinal , pois, graças a Deus, compomos um grupo com grandes expoentes, reunidos provavelmente pela saudade dos tempos de mais dedicação, gentileza e delicado amor ao próximo, apego à nossa eclética cultura, com o especial ufanismo que sempre caracterizou a ligação dos bons joaninos à sua querida terra – um sentimento que se mostra em semblante alegre e sincero, funda-se em argumentos extremamente firmes, expressa-se em termos de claro entendimento, pois provém da decisão vocacional em dar mais significância a nossas vidas, transforma-nos em plantadores das sementes dos sonhos mais prósperas , em solo abençoadamente fértil.

Não nos foge a certeza de que precisaremos ser fortes e corajosos para os embates contra as adversidades. Aqueles que se dedicam às artes, à cultura, tantas vezes são confundidos como articuladores apenas de projeção pessoal, mas isto, para nós, é mera consequência daquilo que é bem feito e torna-se agradavelmente digno de sucesso, por isso é que somos dedicados detalhistas, caprichosos artesãos de cada obra. Sabemos que remaremos contra a maré, enfrentaremos desafios terríveis e de toda ordem, mas bem determinados e decididos, seguiremos em frente, como temos seguido até aqui.

Não apenas homenagearemos, reconheceremos nossos valores, nossos expoentes artísticos, profissionais das mais variadas performances, mas também nos lançaremos às pesquisas que nos possibilitem o resgate de uma legião de esquecidos do passado e também do presente, pois muitos valores joaninos estão por aí, espalhados por esse imenso Brasil, desconhecidos de nossa gente, mas expressivos cidadãos de outras plagas, – personagens encantados pelo fenômeno da alma artística, pela dedicação e responsabilidade profissional concedente de grandes conquistas. Sentimo-nos, portanto, com a distinta obrigação de coloca-los em evidência, trazê-los zelosamente ao conhecimento e reconhecimento e proximidade de nossa gente, laureá-los condignamente!

Não poderia deixar de exaltar o especial apreço pela Língua Portuguesa, uma das inspiradoras razões que principiaram e justificam a existência da academia. Muitos de nós são poetas, escritores que se esmeram no trato com as palavras e deliciam-nos com obras requintadamente maviosas. A última flor do lácio inculta e bela, como referenciou Olavo Bilac, é o universo no qual esses confrades e confreiras movem a inspiração e pela qual se integram à comunidade lusófona, constituída de milhões de pessoas espalhadas pelos diferentes continentes, comunicando-se em português , cada povo a seu modo. Vale-nos lembrar o magistral Fernando Pessoa e seu dito: “a minha pátria é a língua portuguesa” e nós estaremos certamente muito inspirados por ele e assim cultuaremos a literatura e os livros e as produções literárias entre nossos conterrâneos.

Amigos, nossa academia está sendo criada com o orgulhoso referencial “a casa de Fran Figueiredo”. Ele foi escolhido para ser patrono da instituição, mas será também a casa de todos os demais patronos, a casa de todos os acadêmicos, mas, acima de tudo será uma realização que orgulhará nossa terra, firmar-se-á como o ambiente do diálogo entre a tradição e a contemporaneidade que esperançosamente dará bons resultados!

Marcondes Serra Ribeiro é natural de São João Batista, Graduação Superior em Língua Portuguesa e Literaturas na instituição de ensino CESB, Trabalhou como Professor de Língua Portuguesa na empresa Área de educação, Trabalhou como Management na empresa Ministério da Saúde.