Saiba como votaram os deputados federais maranhenses no projeto que acaba com a saída temporária dos presos

A bancada maranhense votou em sua ampla maioria a favor do projeto, apresentado pelo Capitão Derrite, que acaba com a saída temporária de presos. Sob orientação do PT, PSB, PSOL e PCdoB, apenas os deputados Bira do Pindaré (PSB), Rubens Pereira Júnior (PT) e Zé Carlos (PT), votaram de forma contrária ao fim do benefício concedido aos detentos. Três parlamentares não participaram da votação: André Fufuca (PP), Cléber Verde (Republicanos) e Márcio Jerry (PCdoB). Os demais foram favoráveis ao projeto.

A lei atual permite a saída temporária dos condenados no regime semiaberto para visita à família durante feriados, frequência a cursos e participação em atividades. Todas essas regras são revogadas pelo texto aprovado pelos deputados, porém:

O texto também obriga a realização de exame criminológico como requisito para a progressão de regime e para a autorização de regime semiaberto.

O exame deverá comprovar que o detento irá se ajustar ao novo regime com autodisciplina, baixa periculosidade e senso de responsabilidade.

A proposta também amplia regras para o uso de monitoramento eletrônico dos condenados autorizados a sair do regime fechado.

Veja a lista completa de como votaram os deputados:

Aluísio Mendes (PSC) – votou pelo fim da saída temporária

André Fufuca (PP) – não votou

Bira do Pindaré (PSB) – votou contra o fim da saída temporária

Cléber Verde (Republicanos) – não votou

Edilázio Júnior (PSD) – votou pelo fim da saída temporária

Gil Cutrim (Republicanos) – votou pelo fim da saída temporária

Hildo Rocha (MDB) – votou pelo fim da saída temporária

João Marcelo (MDB) – votou pelo fim da saída temporária

Josivaldo JP (PSD) – votou pelo fim da saída temporária

Júnior Lourenço (PL) – votou pelo fim da saída temporária

Juscelino Filho (União) – votou pelo fim da saída temporária

Márcio Jerry (PCdoB) – não votou

Marreca Filho (Patriota) – votou pelo fim da saída temporária

Pastor Gil (PL) – votou pelo fim da saída temporária

Paulo Marinho Júnior (PL) – votou pelo fim da saída temporária

Pedro Lucas Fernandes (União) – votou pelo fim da saída temporária

Rubens Pereira Júnior (PT) – votou contra o fim da saída temporária

Zé Carlos (PT) – votou contra o fim da saída temporária.

Pesquisa efetuada por Ana Creusa. Fontes: https://www.camara.leg.br/noticias/ e http://diegoemir.com/ 

 Erótica é a Alma

Todos vamos envelhecer….

Querendo ou não, iremos todos envelhecer.

As pernas irão pesar, a coluna doer, o colesterol aumentar.

A imagem no espelho irá se alterar gradativamente e perderemos estatura, lábios e cabelos.

A boa notícia é que a alma pode permanecer com o humor dos dez, o viço dos vinte e o erotismo dos trinta anos.

O segredo não é reformar por fora.

É, acima de tudo, renovar a mobília interior: tirar o pó, dar brilho, trocar o estofado, abrir as janelas, arejar o ambiente. Porque o tempo, invariavelmente, irá corroer o exterior.

E, quando ocorrer, o alicerce precisa estar forte para suportar.

Erótica é a alma que se diverte, que se perdoa, que ri de si mesma e faz as pazes com sua história.

Que usa a espontaneidade para ser sensual, que se despe de preconceitos, intolerâncias, desafetos.

Erótica é a alma que aceita a passagem do tempo com leveza e conserva o bom humor apesar dos vincos em torno dos olhos e o código de barras acima dos lábios.

Erótica é a alma que não esconde seus defeitos, que não se culpa pela passagem do tempo.

Erótica é a alma que aceita suas dores, atravessa seu deserto e ama sem pudores.

Aprenda: bisturi algum vai dar conta do buraco de uma alma negligenciada anos a fio.

 

Adélia Luzia Prado de Freitas, mais conhecida como Adélia Prado, é uma poetisa, professora, filósofa, romancista e contista brasileira ligada ao Modernismo. Sua obra retrata o cotidiano com perplexidade e encanto, norteados pela fé cristã e permeados pelo aspecto lúdico, uma das características de seu estilo único.

Reunião da Coordenação do Território Quilombola Pericumã realizada no dia 23 de julho em Pericumã

O principal objetivo da reunião foi para tratar sobre a situação da comunidade Pericumã que se encontra com dois anos e seis meses com o mandato da diretoria encerrado.

Por isso que a coordenação do Território marcou a reunião para essa comunidade. A reunião foi realizada na sede do Juventude Junior cuja diretoria nos cedeu o espaço. Esse já foi o primeiro problema porque o senhor Simeão Gonçalves que é o ex-presidente da associação se negou a ir reunir nesse local. E não compareceu a reunião. De qualquer maneira. o assunto foi tratado de forma que todos foram unanimes na ideia de que não devemos hostilizar o senhor Simeão, haja vista, a sua idade avançada, seu estado de saúde, e principalmente, os relevantes serviços prestados por ele não só para a comunidade Pericumã como para todo o Território. De forma que resolvemos, após a manifestação de todos, formar uma comissão pra tratar com ele novamente. A comissão ficou formada por Sandro, Joquinha, Maninho Braga e Fabinho que ficaram de ir a casa dele na quarta-feira dia 27/07.

Pedimos, então, que cada presidente de associação expusesse a situação atual da organização da sua associação. Lamentavelmente o quadro não é bom. Quase todas as associações estão com pendências. Desde o registro de atas de eleição e posse das diretorias até atrasos nas declarações de imposto de renda. O quadro é grave porque se continuar desse jeito nunca vamos conseguir nos viabilizarmos para ter acessos a projetos de geração de renda e melhoria da qualidade de vida das nossas comunidades. É necessário que superemos esse quadro o mais rápido possível.

Tratamos em seguida da questão da titularização das terras de Tijuca e de Malhada dos Pretos.  As terras de Tijuca envolvem três comunidades que são Tijuca, Murutim e Capoeira Grande. As terras de Malhada dos Pretos envolvem duas comunidades que são Malhada dos Pretos e Santa Cruz.  Em ambas o ITERMA já fez o georreferenciamento, levantamento fundiário e cadastro das famílias. 

Na Tijuca foi feito o cadastramento das famílias. Só ficou faltando à parte de Capoeira Grande.  Na Malhada foi feito o cadastramento e o levantamento fundiário. Mas será necessário um novo georreferenciamento. Isso porque não tinha ficado muito claro para Santa Cruz a questão da Associação Mãe. Mas na reunião o Secretário Fabinho deu uma explicação sobre o assunto que, provavelmente, vai fazer com que não seja preciso esse novo georreferenciamento.  No nosso entendimento não podemos perder essa oportunidade de resolvermos logo a situação dessas cinco comunidades. Em breve haverá uma reunião na Capoeira Grande para fazermos a mobilização da comunidade para o cadastramento.

Ainda, tratamos do II Campeonato de Futebol das Comunidades Quilombolas de Peri-Mirim.  Contamos com a presença do Senhor Junior do Murutim que coordenou o campeonato do ano passado. Ele e Sandro colocaram as principais dificuldades que foram enfrentadas no I Campeonato. Problemas como arbitragem e premiação foram citados. O certo é que vamos fazer o campeonato. Mas vamos buscar uma melhor parceria com a prefeitura através da Secretária de Esportes e da recém-criada Secretária de Igualdade Racial. Ficamos de buscar um contato com o Secretário Frank Hudson pra agendarmos uma reunião onde será tratado o assunto.

E por fim tocamos rapidamente na programação da Semana da Consciência Negra. Foi citado o contato feito com novo padre do município, o Pe Irvirson, que se mostrou muito simpático a celebração da Missa dos Quilombos como forma de resgate da historia do povo negro em nosso lugar. Foi falado, também, da vontade de termos atividades em todas as comunidades durante a semana. Que não seja só no dia da Consciência Negra. Que seja a Semana da Consciência Negra. Ficamos de formar uma comissão pra organizar as atividades dessa semana. Pra não ficar tudo pra ultima hora. E não cometermos os mesmos erros do ano passado.

No final, acertamos que a nossa próxima reunião será na comunidade Itaquipé no dia 13 de agosto. Agradecemos a presença de todos.

Estiveram presentes:

Pericumã – Sandro, Marcia, Zé Maria e Guida.

Murutim – Grande e Junior.

Tijuca – Walter e Lajeado.

Malhada dos Pretos – Berrel.

Santa Cruz – João.

Rio da Prata – Lelico, Matias e Zé Carlos.

Pedrinhas – Joquinha e Cleudilene.

Itaquipé – Zé Domingos e Eliene.

Obs.: tivemos a presença muito importante do Secretário de Igualdade Racial de Bequimão. O nosso amigo Fabinho.

Estavam como representantes da Assessoria: Zé Augusto e Maninho.

PF cumpre mandados de prisão contra suspeitos de praticar fraudes contra o INSS no Maranhão

A Polícia Federal (PF) cumpriu, nesta sexta-feira (29), dois mandados de prisão na operação ‘Ad Aeternum‘, em combate a fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Paço do Lumiar, cidade localizada na Região Metropolitana de São Luís.

De acordo com a PF, em apenas sete benefícios ilegais, os suspeitos causaram prejuízos aos cofres públicos de R$ 860 mil. Durante a operação, foram apreendidos documentos que eram usados nos golpes.

Os suspeitos vinham sendo monitorados desde 2020. Segundo a PF, eles falsificavam documentos públicos para fins de concessão e manutenção dos benefícios de amparo ao idoso social. E os titulares, eram pessoas fictícias.

Moraes autoriza o Maranhão a não obedecer a lei

(J.R. Guzzo, publicado no jornal Gazeta do Povo em 28 de julho 2022)
O ministro do STF autorizou o Estado a não pagar nenhuma de suas dívidas com a União, do Banco do Brasil à Caixa Econômica, do BNDES ao BID — nada, nem um tostão.

O Congresso Nacional acaba de aprovar, quase por unanimidade e cumprindo processo absolutamente legal, uma lei que reduziu os impostos estaduais sobre os combustíveis e fez cair imediatamente o preço da gasolina, diesel e álcool para o consumidor. É um raríssimo momento em que o cidadão brasileiro recebe um benefício concreto, claro e compreensível das autoridades. Não há na lei, além disso, nenhuma redução real de receitas para os Estados, pois vão receber compensação pelo que deixaram de arrecadar. Acima de tudo, é lei. Lei é lei — simplesmente tem de ser cumprida por todos, e não há nada a discutir. Ou é isso, ou não há democracia; é um mandamento elementar em qualquer Estado democrático que as leis aprovadas de modo legítimo pelos representantes do povo estão acima das vontades individuais e são iguais para a sociedade inteira, sem exceção nenhuma.

Mas isso aqui é o Brasil democrático do STF, e no Brasil democrático do STF lei não é o que o parlamento aprova — e sim o que o Supremo Tribunal Federal quer. A lei que fez baixar o preço dos combustíveis foi proposta pelo governo federal, e bem recebida pela população. Pronto: não é preciso mais nada. Se a lei vem do governo, e saiu de lá por vontade do presidente da República, é lei que não presta, e o STF não admite que ela seja aplicada como deveria. Quem não aceita as suas consequências, então, recebe apoio legal imediato dos ministros. É o que aconteceu com o Estado do Maranhão.

O governador local declara a si próprio como um grande general da campanha do ex-presidente Lula para a presidência e também se exibe como um inimigo radical do governo; ao mesmo tempo, não aceita a lei que o Congresso aprovou. Corre, então, para pedir proteção ao STF. É atendido na hora.

A licença para o Maranhão não obedecer a lei, safando-se dos seus efeitos práticos, foi dada pelo ministro Alexandre de Moraes, que já há muito tempo acumula suas funções no STF com a atuação de inimigo político número 1 do governo federal. Moraes, simplesmente, autorizou o Maranhão a não pagar nenhuma de suas dívidas com a União, do Banco do Brasil à Caixa Econômica, do BNDES ao BID — nada, nem um tostão. Pior: esse calote se aplica já nas parcelas que deveriam ser pagas no mês de julho, pois o Estado vive como um pedinte de rua, tendo de ganhar de manhã o dinheiro para o prato de comida do almoço. E a compensação das receitas, prevista na lei? O governador diz que não dá para “esperar”, porque há trâmites legais a cumprir — claro que há; ele queria que não houvesse? —, isso toma tempo e não existe um real de reserva no caixa do Estado para aguentar até a chegada do reembolso. Perfeitamente, decidiu o ministro. É isso mesmo: não dá para esperar, não é preciso pagar nada e o Estado pode começar já, neste minuto, a ignorar as suas obrigações com a União. Essa “União” é você mesmo, que paga sem dar um pio os seus impostos; é do seu bolso que vai sair o dinheiro que o governador e o ministro Moraes não querem pagar.

Não se consegue achar nada de certo em nenhum ponto dessa história. Moraes disse, entre as justificativas de sua decisão, que a lei foi adotada de “forma unilateral” e “sem consulta aos Estados”. Que raio de raciocínio jurídico é esse? Desde quando, pelo que está escrito na Constituição e no restante da legislação brasileira, o Congresso Nacional deste país precisa consultar os “Estados”, ou seja lá quem for, para aprovar uma lei? Outra coisa: se o Maranhão está autorizado pelo STF a não pagar o que deve à União, porque os outros 26 Estados não teriam o mesmo direito? O STF vai atender a todos eles? No caso do Maranhão, esse grande campeão das “oposições”, bastou o governador dizer “não tenho dinheiro” para livrar-se das suas obrigações; não teve de comprovar nada, e ninguém lhe pediu demonstração nenhuma. Está valendo, isso? O cidadão diz: “Não dá para pagar” — e o Supremo aceita no mesmo instante a sua palavra como fato indiscutível, sem nenhuma comprovação séria? Não se disse uma palavra, também, sobre a responsabilidade que o governador tem na miséria financeira do Maranhão. Se o Estado está falido, a culpa é dele; com certeza não é do presidente, nem do Congresso, nem dos outros Estados.

Aniversário de Ana Creusa 2022

“Hoje o Universo está ainda mais vibrante porque celebramos o aniversário de uma pessoa muito querida e especial: minha amiga Ana Creusa, que para mim é mais que uma amiga, na verdade, é uma conselheira, mãe, irmã, mentora…e sou tão grata a Deus pela oportunidade de ter o carinho de sua amizade, que hoje peço a Ele que lhe dê ainda mais anos de vida e muita saúde pra desfrutar nesses anos. Eu poderia te desejar força, coragem etc, mas ao longos desses anos que te conheço pude ver que tudo isso você tem de sobra, e todos aqueles que convivem com você são inspirados pela sua história, sua luta, sua vida, porque você é uma pessoa que não desiste, que ver sempre o melhor nas pessoas, que tem sempre as palavras certas e as causas certas.
É uma honra ser sua amiga, estou em completo estado de Graça pela data de hoje.
Feliz aniversário, minha querida amiga Ana Creusa. Parabéns, muitas felicidades e bençãos hoje e sempre!” Elinajara Pereira.

Algumas mulheres fazem toda a diferença neste universo e você, sem dúvidas, é uma dessas pessoas impactantes que já cruzaram nosso caminho. É por isso que hoje, no seu aniversário, quero fazer esta singela e humilde homenagem e desejar toda, toda a felicidade do mundo para você e sua família.

Ana, você esbanja qualidades e possui uma personalidade marcante, influenciando na transformação de outra vidas que cruzam com a sua.

Ana, se existem pessoas iluminadas neste mundo, você com certeza é uma delas.

Gratidão por tudo que representas para o universo. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

Parabéns pelo seu aniversário e muitas, muitas felicidades hoje e para todo o sempre. Feliz vida! Eni Amorim

A 27 de julho em Peri-Mirim nascia
Uma estrela brilhante.
Cheia de graça e magia.
Enchendo toda a cidade.
De beleza e alegria.

Os dias foram passando.
Essa criança crescendo.
Como saudável criança
Estripulias fazendo.
Com a visão no futuro
Cada dia ia vivendo.

A menina ficou moça
Veio pra cidade estudar
Firme em seus propósitos
De um dia se formar
Bacharela em direito.
Ninguém pode duvidar.

Uma criatura doce
De grande generosidade
Fácil de fazer-se amiga.
Um coração de bondade.
Ana Creusa hoje desejo-te.
Toda felicidade.

Desculpe-me esse mal jeito.
De a ti me reportar
É que esse é meu jeito.
Cabo logo tosco e sem jeito.
Mas trago dentro do peito.
Um jeito sincero de amar”.
João Silveira

Ana é um ser de luz que a cada encontro nos deixa mais seu fã. Simplicidade, lealdade, coerência e vai que vai. Beijo, querida amiga“. Antônio Padilha.

“Feliz aniversário e saúde e felicidade toda sua vida, Anica! Você é um exemplo de vida para mim, amiga. Que Deus te abençoe e Nossa Senhora te proteja, ilumine e guie em todos os seus caminhos! Te admiro muito, minha querida, e tua amizade é preciosa para mim! Um grande beijo!Gracilene Pinto

“Quero agradecer todas as felicitações de aniversário dirigidas à minha irmã Ana Creusa. Ela é nossa estrela-guia. Na nossa família já temos mais 7 Anas em sua homenagem. Nem preciso dizer que sou fã dela: uma pessoa única, humilde e cativante. Agradeço todos os dias por tê-la como irmã. Obrigada de coração a todos vocês que ela tem como membros da nossa família”. Ana Cléres.

“Neste dia especial, véspera do dia da adesão do Maranhão à Independência do Brasil, venho prestar minhas homenagens à presidente da ALCAP, Ana Creusa, pelo seu aniversário. Quem ama seus pais, como você ama, tem sempre os cuidados e as bençãos divina.
Saúde sempre, minha amiga”. Francisco Viegas.

Bem que eu havia desconfiado que o Dia de hoje estava diferente, mais bonito e mais perfumado. Sem ter mesmo a certeza, mas sentindo as forças positivas do Universo, sabia que ele, o Universo, havia preparado um Dia mais que especial pra todos nós. Hoje é o seu aniversário minha parceira universal, te desejo toda a felicidade do Mundo que ainda é pouca pra você que é tão especial pra mim. Obrigado por existir Doutora. Feliz aniversário e muitas energias positivas pra você hoje e sempre. Parabénsssssss. Gilvan Mocidade.

ANA DOS PARICÁS

Ontem, foi postado por aqui, fotos dos paricás de um bosque que foi idealizado por Ana Creusa. Não sei se Creusa é derivado de crer, se não é deveria ser. Essa Creusa que conhecemos crê, acredita e faz. O paricá é uma árvore altaneira, frondosa, elegante, com bela folhagem verde, sempre de bem com a natureza. E mesmo durante as tormentas e do sol escaldante mantém-se balançando suavemente ao sabor do vento. Debaixo de sua copa abriga a quem precisa de sombra, de descanso e revigor. Tem gente que é assim como um paricá.
Ana tentei falar com você várias vezes, não consegui.
Queria te dizer isto. Você não parece um paricá. O paricá é que parece com você. Parece, não é igual, porque você é 10. PARABÉNS. Expedito Moraes.

Falar de Quequezinha não é tarefa fácil, mas vou tentar traduzir em poucas palavras um pouquinho do que ela representa para todos nós: ela é irmã, amiga, conselheira, protetora, exemplo de força e coragem, de uma inteligência rara, sempre esteve à frente do seu tempo.
Muito obrigada minha irmã querida por fazer parte de nossas vidas. Feliz aniversário e que o Senhor Jesus Cristo te abençoe e proteja em todos os dias de sua vida. Cleonice Martins.

“Hoje é uma ótima data para relembrar sua história ❤️Além de uma inteligência ímpar, revelada por esse “singelo” currículo de grandes feitos intelectuais, és amorosa, humilde e generosa. Sinto-me privilegiada por tê-la por perto e poder desfrutar de sua companhia! Minha melhor amiga e mãe.
Te amo grandemente, para sempre . Que seu dia seja de luz e o novo ciclo maior do que nunca.

Feliz aniversário 🥳🥳 Alana Martins Mota

 

Pix Caminhoneiro terá duas parcelas pagas na primeira quinzena de agosto

Pagamentos de R$ 1 mil serão destinados a transportadores autônomos; estimativa é que até 900 mil condutores sejam alcançados.

O voucher caminhoneiro faz parte de uma série de benefícios incluídos na promulgação, nesta última semana, de PEC no Congresso Nacional, que também inclui aumento de R$ 200 no Auxílio Brasil, chegando a R$ 600 mensais, e de R$ 53 no Vale Gás bimestral; voucher aos taxistas com valor mensal de R$ 200 a R$ 300; compensação dos Estados para gratuidade do transporte coletivo de idosos e para compensação da manutenção da competitividade entre o etanol e a gasolina, etc. Além de antecipar as parcelas do Pix Caminhoneiro, o governo federal também planeja viabilizar dois pagamentos em agosto do voucher aos taxistas.

O governo federal trabalha para viabilizar – com urgência – as primeiras parcelas do Pix Caminhoneiro, que é o novo auxílio social voltado para a transferência de renda para transportadores autônomos do Brasil. Com a proximidade das eleições, a proposta é que o benefício comece a ser distribuído no mês de agosto, com duas parcelas sendo pagas já na primeira quinzena do mês.

Com isso, a proposta inicial, de cinco parcelas, foi alterada para seis, com pagamentos de R$ 1.000 por mês entre julho e dezembro.

Conforme aprovado em dois turnos pelo Congresso Nacional e promulgado na última sexta-feira, 16, o auxílio terá valor mensal de R$ 1 mil e validade até o mês de dezembro, somando R$ 5,4 bilhões a serem destruídos pela União. O público alvo são caminhoneiro, que estão cadastrados no Registro Nacional de Transportadores de Cargas,  desde que eles estejam inscritos como transportadores autônomos até o mês de maio. A estimativa é que até 900 mil caminhoneiros sejam beneficiados.

O pagamento deve ser feito com depósito na conta poupança social digital, o Caixa Tem. Todos os beneficiados terão uma conta aberta em seu nome e CPF.

Fonte: https://www.revistacaminhoneiro.com.br/. Foto: https://blog.proteautobrasil.com.br/

Polícia Federal deflagra operação em São Luís e mais quatro cidades por conta de desvios de recursos envolvendo a Codevasf

A investigação constatou a existência de um engenhoso esquema de lavagem de dinheiro, perpetrado a partir do desvio do dinheiro público proveniente de procedimentos licitatórios fraudados.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 20/7, nas cidades de São Luís/MA, Dom Pedro/MA, Codó/MA, Santo Antônio dos Lopes/MA e Barreirinhas/MA, a Operação Odoacro, com a finalidade de desarticular associação criminosa estruturada para promover fraudes licitatórias, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro, envolvendo verbas federais da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

As diligências apontaram para a utilização do mesmo modus operandi, inclusive com as mesmas pessoas interpostas e empresas de fachada, de condutas realizadas em 2015, quando a Polícia Civil conseguiu identificar uma associação criminosa instituída para desviar recursos públicos do Município de Dom Pedro/MA.

Após a referida operação policial, notou-se que o esquema criminoso não recuou, ao contrário, acabou crescendo exponencialmente nos anos posteriores, alterando, apenas, a origem da verba desviada – que passou a ser federal.

Descobriu-se que são constituídas pessoas jurídicas de fachada, pertencentes formalmente a pessoas interpostas, e faticamente ao líder dessa associação criminosa, para competir entre si, com o fim de sempre se sagrar vencedora das licitações a empresa principal do grupo, a qual possui vultosos contratos com a Codevasf.

O líder desse grupo criminoso, além de colocar as suas empresas e bens em nome de terceiros, ainda possui contas bancárias vinculadas a CPFs falsos, utilizando-se desse instrumento para perpetrar fraudes e dificultar a atuação dos órgãos de controle.

Ao todo, 80 policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pelo 1ª Vara Federal de São Luís/MA, que decorreram de uma representação elaborada pela Polícia Federal.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação, lavagem de capitais e associação criminosa. Somadas, as penas podem chegar a 16 anos de prisão.

Como a associação criminosa ora desmantelada é liderada por um investigado apelidado de “Imperador”, denominou-se a presente fase ostensiva de “Operação Odoacro”, em referência ao sobrenome do soldado italiano que capitaneou uma revolta que colocou fim ao Império Romano.

Fonte: https://www.gov.br/pf/pt-br/

Crise no Ferry Boat “José Humberto” é uma Cortina de Fumaça

Por Ana Creusa

Nos últimos meses, os baixadeiros foram surpreendidos com notícias envolvendo a chegada, avaria, autorização de funcionamento, suspensão, retorno para funcionamento; ações dos ministérios públicos estadual e federal, ações judiciais, perseguição à promotora, tudo envolvendo o Ferry Boat “José Humberto”, mas todos esses fatos não passam de cortina de fumaça para esconder o real motivo da crise no principal transporte entre São Luís e os municípios das microrregiões da Baixada e Litoral Ocidental.

Após a intervenção do governador Flávio Dino na Serviporto, empresa que operava desde 1987, que administrava três ferryboats, mas por falta de manutenção, dos três ferryboats, dois estão quebrados. O único que funciona opera apenas com um motor.

A intervenção do Governo do Estado, iniciada em 2019 pela administração do então governador Flávio Dino na Servi Porto Serviços Portuários Ltda., pioneira no serviço de ferry-boat no Maranhão, fez com que a empresa quebrasse.

Ameaça de CPI e outras iniciativas são sufocadas pelo Palácio dos Leões. São muitas denúncias sem providências.

Por fim, resolveram perseguir a Promotora Lítia Cavalcante que sempre trabalhou em prol da prestação dos serviços de Ferry Boat e uma das que denunciou que a intervenção do Governo Flávio Dino na Serv Porto quebrou a empresa.

A verdade é que os baixadeiros estão abandonados, pois, resolvendo ou não o problema no novo “velho” ferry boat “José Humberto” a solução do problema do transporte dos ferry boats não virá pelo funcionamento desse transporte; toda essa celeuma envolvendo essa embarcação serve apenas para esconder, ocultar, abafar, dissimular, encobrir o verdadeiro motivo do caos nos serviços do ferry boat – incompetência do Governo.

Fonte: Imirante; G1; G7; Jornal Pequeno; Blog de Vandoval Rodrigues; Yotoube da deputada Thaiza Hortegal; Maranhão Hoje; Blog de Antônio Martins.

Associação do Ministério Público divulga nota de repúdio por ataques a promotora Lítia Cavalcante

 

 

Eleitor pode solicitar voto em trânsito de 18 de julho a 18 de agosto; saiba como fazer

Os pedidos para voto em trânsito devem ser feitos em atendimento presencial.
Eleitores que estejam fora do seu domicílio eleitoral nas eleições de 2022 podem solicitar entre 18 de julho e 18 de agosto o voto em trânsito, uma transferência temporária do local de votação. É preciso estar no Brasil, em um município com mais de 100 mil habitantes, e com a situação regular no Cadastro Eleitoral. Caso o eleitor esteja fora de seu estado, é possível apenas votar pra o cargo de presidente da República.
De acordo com o calendário eleitoral das Eleições 2022, a partir do dia 18 de julho até 18 de agosto de 2022, o eleitor poderá se habilitar perante a Justiça Eleitoral para votar em trânsito, indicando o local em que pretende votar, assim como alterar ou cancelar sua habilitação, caso já o tenha requerido. Fique atento e não perca o prazo!
De acordo com o TSE, para conseguir o voto em trânsito, “o eleitor deve estar com o título eleitoral em situação regular”. Para isso, é preciso verificar a situação eleitoral e o atual local de votação.

Como se habilitar

Se já tiverem a informação com antecedência de onde estarão no dia das eleições, os eleitores poderão procurar qualquer cartório eleitoral para indicar onde pretendem votar. Os pedidos para voto em trânsito devem ser feitos em atendimento presencial. Não há a opção de solicitação pela internet.

Nesses casos, na hora de indicar onde pretende votar, a escolha vale para locais diferentes para o primeiro e segundo turnos, ou para o mesmo local nos dois turnos. Mas, depois de comunicado no cartório, no prazo estipulado (18 de julho a 18 de agosto), não há como mudar depois.

Fonte: TSE