Prefeito de Peri-Mirim participa de reunião para viabilizar a reconstrução da Barragem de Maria Rita

Para viabilizar a reconstrução da barragem, prefeitos da região formaram o Consórcio da Barragem de Maria Rita.

Heliezer Soares, prefeito de Peri-Mirim, participou, na última sexta-feira (16/04/2021), de reunião liderada pelo presidente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense (FDBM) e prefeito de Bequimão, João Martins, com representantes do Governo do Estado do Maranhão, a prefeita de Bacurituba, Letícia de Sibá; e o vice-prefeito de Alcântara, Nivaldo Araújo, representando o prefeito Padre William. Dino Penha, prefeito de São Bento, justificou sua ausência, pois se encontrava em outra agenda de trabalho em São Luís.

Também participaram da reunião que tratou da conclusão da construção da Barragem de Maria Rita, o vice-prefeito de Bequimão, Sidney Nogueira (Magal); o Secretário Adjunto de Radiodifusão do Estado e diretor geral da Rádio Timbira, Robson Paz; e o ex-vereador do município e articulador político do Governo do Estado na região, Fredson Pereira.

O encontro teve como objetivo viabilizar a conclusão da construção da Barragem de Maria Rita, que possui 12 km de extensão e beneficia diretamente os municípios de São Bento, Palmeirândia, Peri-Mirim e Bequimão.

Durante a reunião, os gestores municipais da região assinaram um documento conjunto, solicitando a construção dos seis quilômetros restantes da estrutura ao Governo do Estado e a manutenção dos seis quilômetros já construídos pela Prefeitura de Bequimão, com recursos próprios, na administração do ex-prefeito Zé Martins.

O ofício foi endereçado ao secretário de Estado da Agricultura Familiar, Rodrigo Lago, foi entregue ao seu secretário adjunto, Ivaldo Rodrigues. Nele, o Consórcio da Barragem de Maria Rita ressalta a importância da obra para cerca de dois mil agricultores que vivem da pesca, do plantio e da criação de animais na região.

Pleito antigo, a conclusão da Barragem de Maria Rita é defendida pelo prefeito João Martins desde os tempos em que esteve à frente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

João Martins destaca que: “com a primeira etapa concluída, já observamos resultados positivos. A barragem permitiu que a água permanecesse por mais tempo nos campos e evitou a temida salinização. É evidente a importância dessa obra para a nossa região e para a subsistência de milhares de famílias, que retiram o seu sustento dos campos inundáveis”

A reconstrução da Barragem de Maria Rita faz parte de uma das principais reinvindicações dos perimiriense. Vale lembrar que em janeiro de 1968, na gestão de gestão de José Ribamar Martins França, o Zé Bacaba; a Câmara Municipal de Peri-Mirim concedeu o título de Cidadão Perimiriense, para o então Secretário de Agricultura do Governo do Estado do Maranhão, Lourenço Vieira da Silva, em reconhecimento pela construção da Barragem do Gigante, antes denominada Barragem do Defunto e atualmente denominada de Barragem Maria Rita.

Há registro histórico que parte da Barragem do Defunto foi construída pelo Prefeito Agripino Marques, em forma de mutirão com os moradores para região.

Essa barragem é fundamental para impedir que a água do mar avance nos campos, reduzindo o período de estiagem, viabilizando a criação de animais, a pesca e também o plantio em geral.

Heliezer e os demais prefeitos do Consórcio da Barragem de Maria Rita entrarão para a História, pela reconstrução dessa importante obra. Fica a sugestão à Câmara de Vereadores de Peri-Mirim que, a pós a reconstrução da Barragem, conceda o Título de Cidadão Perimiriense ao Secretário de Agricultura Familiar – repetindo o gesto de 1968.

Fonte Tribuna de Bequimão, Sites do FDBM e O Resgate.

Deixe uma resposta