Crise no Ferry Boat “José Humberto” é uma Cortina de Fumaça

Por Ana Creusa

Nos últimos meses, os baixadeiros foram surpreendidos com notícias envolvendo a chegada, avaria, autorização de funcionamento, suspensão, retorno para funcionamento; ações dos ministérios públicos estadual e federal, ações judiciais, perseguição à promotora, tudo envolvendo o Ferry Boat “José Humberto”, mas todos esses fatos não passam de cortina de fumaça para esconder o real motivo da crise no principal transporte entre São Luís e os municípios das microrregiões da Baixada e Litoral Ocidental.

Após a intervenção do governador Flávio Dino na Serviporto, empresa que operava desde 1987, que administrava três ferryboats, mas por falta de manutenção, dos três ferryboats, dois estão quebrados. O único que funciona opera apenas com um motor.

A intervenção do Governo do Estado, iniciada em 2019 pela administração do então governador Flávio Dino na Servi Porto Serviços Portuários Ltda., pioneira no serviço de ferry-boat no Maranhão, fez com que a empresa quebrasse.

Ameaça de CPI e outras iniciativas são sufocadas pelo Palácio dos Leões. São muitas denúncias sem providências.

Por fim, resolveram perseguir a Promotora Lítia Cavalcante que sempre trabalhou em prol da prestação dos serviços de Ferry Boat e uma das que denunciou que a intervenção do Governo Flávio Dino na Serv Porto quebrou a empresa.

A verdade é que os baixadeiros estão abandonados, pois, resolvendo ou não o problema no novo “velho” ferry boat “José Humberto” a solução do problema do transporte dos ferry boats não virá pelo funcionamento desse transporte; toda essa celeuma envolvendo essa embarcação serve apenas para esconder, ocultar, abafar, dissimular, encobrir o verdadeiro motivo do caos nos serviços do ferry boat – incompetência do Governo.

Fonte: Imirante; G1; G7; Jornal Pequeno; Blog de Vandoval Rodrigues; Yotoube da deputada Thaiza Hortegal; Maranhão Hoje; Blog de Antônio Martins.

Associação do Ministério Público divulga nota de repúdio por ataques a promotora Lítia Cavalcante

 

 

Deixe uma resposta