CPI do Combustível aponta irregularidades em 73% dos postos investigados

Dados apresentados pela CPI do Combustível na última quarta-feira, 14, apontam aumentos abusivos em 73% dos postos investigados na ilha de São Luís. As investigações foram feitas a partir da quebra de sigilo de mais de 200 postos em São Luís e no interior do estado, apontando que, a cada dez postos, sete aumentaram os preços de forma abusiva.

O presidente da Comissão, o deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos), relatoria ficou a cargo do deputado Roberto Costa (MDB). definiu uma investigação minuciosa através de documentações de distribuidoras, revendedoras, órgãos estaduais e federais.

Os abusos se caracterizaram por reajustes acima dos anunciados pela Petrobras, até agora somando oito este ano, sendo que alguns desses antecederam a definição de preços da estatal, ainda que o estoque do combustível fosse comprado pela distribuidora pelo valor antigo.

Fonte: Assembleia Legislativa e O Imparcial.

Deixe uma resposta